ORGANIZAÇÃO

Todo serviço é rigorosamente organizado através do desenvolvimento dos seguintes manuais:

Organização: missão, objetivos, organograma, descrição das unidades, descrição dos cargos, rotinas e roteiros de trabalho, fluxograma, normas e impressos utilizados.
Boas práticas: manipulação e processamento de alimentos.
Procedimentos: higienização e controle.
Dietas: relação, características e composição das dietas para as doenças mais prevalentes no hospital.
Lactário: organização e administração
Fornecedores: normas de higiene, condições físicas e de temperatura do veículo, apresentação pessoal do entregador.
Protocolos clínicos nutricionais: diagnóstico nutricional, necessidades nutricionais, prescrição dietética e condutas.



SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO UTILIZADOS

São três os sistemas de distribuição de refeições para pacientes:

Centralizado: preparo exclusivamente na fábrica.
Descentralizado: preparo na fábrica das proteínas e demais itens preparados nas cozinhas das unidades hospitalares.
Misto: as refeições principais são preparadas na fábrica e alguns itens são preparados nas cozinhas da unidades hospitalares.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com refeições preparadas de forma diferenciada, garantimos a padronização na integra tanto no sabor quanto na composição nutricional das refeições.

A aceitabilidade se torna maior, assim como garantirmos a saúde nos alimentos que os pacientes consumem, tanto no que diz respeito aos nutrientes,quanto no que diz respeito a segurança alimentar.